1ª CRiO – Convenção Carioca de Bambolês e 4º Encontro Brasileiro de Bambolês.

Padrão

Eu, Pitila da Bambolê Arte, tenho o grande prazer e desafio de realizar um evento de bambolês incrível junto com a Camila da Hoop Rio. Será em Araruama, dias 1, 2 e 3 de setembro de 2017.

Assista o vídeo promocional

Os ingressos já estão à venda! Confira: CRiO

CRiO bamboles Ingressos

A comunidade Bambolê Brasil há tempos sente saudade de um encontro nacional, para aprender e confraternizar fora do ambiente dos grupos virtuais. Algumas iniciativas surgiram, muito se falou e opinou, mas como um evento desse porte exige grande dedicação de tempo e dinheiro, os projetos não seguiram adiante.

A CRiO Bambolês – Convenção Carioca de Bambolês,  nasceu no coração da Camila, e já chegou quase pronta para mim: calendário de pré-produção e produção, ideias para captação de apoios e patrocínios, programação do evento, contatos de parceiros…

E toda aquela energia realizadora que Camila tem me fizeram acreditar e embarcar com ela nessa iniciativa.

Somos duas loucas por bambolês!

Eu e Camila somos instrutoras de bambolê, com certificações internacionais:

Camila é Hoop Love Coach, programa de certificação da Deanne LoveHooplovers.tv

Eu sou HoopYogini , programa de certificação da Jocelyn Gordon.

Estamos trabalhando para conseguir outros instrutores que representem nossa comunidade, tanto no Rio de Janeiro como em outros estados do Brasil.

As novidades sobre a CRiO serão publicadas no site e também na página do Facebook. Curta, acompanhe e compartilhe.

Venha fazer parte dessa história! Adquira seu ingresso AQUI

Também estamos com uma campanha de financiamento coletivo. O objetivo é fazer o melhor encontro possível sem elevar o valor do ingresso e ainda poder pagar os artistas e instrutores que estarão trabalhando no evento.

Contribua com a VAKINHA.

Vai ser LINDO!

Arco: O Bambolê Olímpico nesse fim de semana – Ginástica Rítmica Rio 2016

Padrão

A Olimpíada Rio 2016 é especial para nós do Movimento Bambolê Brasil e Movimento Bambolê Rio em particular. Teremos aqui, pertinho de nós, as apresentações mais lindas de Ginástica Rítmica  com arco, tanto nas apresentações individuais como nas em equipe.

Não é sempre que isso acontece. Dentre os 5 aparelhos utilizados nas rotinas de Ginástica Rítmica (GR), apenas 2 são selecionados para as apresentações em equipe. A Federação Internacional de Ginástica é que faz essa escolha para cada ciclo de 2 anos de competições.

Pois bem: Estamos no ciclo do arco, o biênio do bambolê na GR!!!

É verdade que por aqui as ginastas não gostavam da comparação do arco com o bambolê, associado a brincadeira de criança (pelo menos eu vi muito isso nas décadas de 80 e 90, gente). Mas com o crescimento do “hooping” no Brasil e no mundo, não há porque se chatear: Nós adultos amamos o bambolê! Nós adoramos dançar com ele e aprender manobras, lançamentos e acrobacias!

HOJE, 19 de agosto, a partir das 10h20min, começam as provas individuais classificatórias e a primeira atleta a se apresentar é Katsiaryna Halkina (BLR), com arco.

As russas são as favoritas, como sempre. Mas Hoopsie Daise, em seu artigo para o Hooping.org nos dá dicas de algumas das melhores:

  • Yana Kudryavtseva – tri-campeã mundial: https://www.youtube.com/watch?v=afu0VeJ7MfY
  • Margararita Mamun – medalha de ouro no arco em 2015
  • Marina Durunda (AZE)

Temos uma brasileira nessa prova: Natália Gaudio, medalha de prata em 2014 nos Jogos Sul-Americanos. Que tal darmos nosso apoio mais que especial a ela?

natalia_31

Sugestão de programa nesse fim de semana: procure aquela amiga (o) que tem canal com transmissão ao vivo da Olimpíada do Rio!

A programação está aqui: www.rio2016.com/ginastica-ritmica-calendario-e-resultados

E se por acaso você estará na Arena Olímpica do Rio assistindo de pertinho, compartilhe suas fotos com a gente, por favor!

*Esse artigo foi escrito com base na publicação do Hooping.org:

Rhythmic Gymnastics Rio: It’s Olympic Hooping Weekend!

Bambolês Profissionais

Padrão

Afinal, o que define um bambolê como sendo um equipamento profissional?

Em linhas gerais podemos dizer que são: Qualidade do material, durabilidade e qualidade dos acabamentos.

Fiz uma série de vídeos explicando um pouco sobre os diferentes materiais utilizados para bambolês profissionais. Verifiquem!

Vídeo 1 – Polietileno de Alta Densidade (PEAD)

Vídeo 2 – Ainda sobre o Polietileno

Vídeo 3 – Polipropileno (PP – Polipro)

Caso você tenha dúvidas sobre qual o melhor bambolê para você, ou qualquer dúvida relacionada a bambolês, entre em contato! Será um prazer ajudar!

Reconectando! Rio de Janeiro!

Padrão

A Bambolê Arte está fazendo uma pequena pausa. Estou no Rio de Janeiro, me reconectando com familiares e com o calor. É, eu sei, nem está tão quente aqui, mas vocês não tem ideia de como eu estava sofrendo com o frio do Rio Grande do Sul!

Pedidos realizados a partir de 17/06 só poderão ser confeccionados e enviados após meu retorno, no dia 07/07. A exceção é o modelo FlexBam PRO – o bambolê dobrável. Esse eu consigo confeccionar e enviar por correio. Com ou sem botão de encaixe, amarelo sem decoração ou com uma decoração simples. Se é esse que você quer, entre em contato!

Nessa minha breve passagem por aqui, ofereço aulas de HoopYogini, particular ou para seu grupo, em espaços públicos ou no play/sala de festa do seu prédio. Fala comigo e nós marcamos!

HoopYogini_Agosto2015

Bambolê e Yoga, sim!

Padrão

Quando eu digo para as pessoas que dou aulas de HoopYoginiTM – Yoga com Bambolê, a primeira reação que observo é um sorriso: uma mistura de curiosidade, incredulidade e espanto. Eu entendo, bambolê no Brasil ainda está associado a brincadeira de criança e a utilização dele em uma aula de Yoga parece estranha e inadequada.

Explicando de maneira simples, nas palavras de Jocelyn Gordon, a criadora do método: HoopYogini é a integração da Dança com Bambolê, Hatha Yoga e Meditação Mindfulness que encoraja os praticantes a trabalharem o corpo e a mente.

Para entender melhor essa fusão, primeiro é preciso entender o que é o recente “Movimento Bambolê” ou Movimento “Hooping”, em inglês. Esse assunto merece um artigo só pra ele, mas vou resumir:

Foi em meados dos anos 90 nos Estados Unidos, quando em shows e festas eletrônicas as pessoas começaram a usar bambolês para dançar. Diferentes dos bambolês-brinquedos do passado, esses eram enormes, adequados para o uso de adultos, feitos à mão e decorados em várias cores e materiais. O sucesso foi imediato e a “onda” se espalhou rápido, alcançando todos os estilos de músicas e festas, formando comunidades de bambolistas (hoopers) e integrando outras práticas físicas e terapêuticas. Por aqui, o Movimento Bambolê Brasil teve suas sementes lançadas em 2008 e ganhou forma, grupo e comunidade em 2011.

A natureza circular do bambolê incentiva o movimento e a liberdade de expressão. A característica rítmica da prática induz ao relaxamento, acalma a mente, traz a atenção para o corpo e para o momento presente. Bambolear ou dançar com o bambolê, assim como correr ou caminhar, é considerado uma forma de meditação em movimento.

Tendo em vista esses benefícios, a associação com o Yoga não é difícil de entender.

No Yoga Sutra de Patanjali, temos logo na segunda frase a definição do que é Yoga: “Yoga é o cessar das voltas do pensamento”. E o terceiro Sutra explica: “Quando a mente se aquieta ‘aquele que vê’ (eu, você) se manifesta em sua natureza mais autêntica”. Em outra tradução: “Quando o pensamento cessa, o espírito se manifesta em sua verdadeira identidade, como um observador do mundo”.

“Quando eu giro o bambolê, minha mente deixa de girar” e, por isso, enquanto eu bamboleio eu estou praticando yoga.

Quer conhecer mais sobre HoopYogini? Acesse o vídeo da Jocelyn Gordon  e caso deseje se inscrever na Formação de Professores entre em contato comigo para receber um desconto especial dedicado à Comunidade do Movimento Bambolê Brasil!

Hoop Yogini promo video still frame - is hula yoga [with play button]

Oficina: Bambolê para todos os corpos em São Paulo

Padrão

Alô São Paulo!!! Aproveitem essa mega oportunidade!!!

Movimento BamBamBam!

The Métier Foundation invites you to the

Depois de duas edições verdadeiramente mágicas na Usina do Gasômetro, a oficina Bambolê pra Todos os Corpos vai rolar em SP! (clique aqui para confirmar presença no evento no Facebook)

Bambolê para todos os corpos é uma oficina introdutória e exploratória, pensada para pessoas com diversos tipos de corpos e para engajar os diversos corpos de cada pessoa: corpo físico, corpo sutil, corpo emocional, corpos invisíveis que nos habitam e nos movem.

Neste espaço, o bambolê é mais que um brinquedo para adultos: ele é um portal entre dois mundos. Entre a realidade restritiva do cotidiano e a expansão ilimitada do corpo brincante. Vamo desenhar com círculos, espirais, vórtex e o que mais surgir, no espaço interior e no espaço ao redor. Deu vontade? Vem logo que as vagas são limitadas!

O QUE? Oficina bambolê para todos os corpos
QUANDO? 9 de abril às 16h30
ONDE? Estúdio Oito Nova…

Ver o post original 530 mais palavras

Nova sede: Rio Grande do Sul

Padrão

Concluímos o processo de mudança residencial e, claro, da sede da Bambolê Arte!

O prazo de confecção de bambolês sob encomenda voltou a ser de até 3 dias úteis após o pagamento. Se na loja virtual aparecer um prazo maior, desconsidere.

Quer conhecer um pedacinho de onde estamos? Olha esse vídeo: